Palestra aborda a pandemia e como superar momentos difíceis

Imagem-de-Gino-Crescoli-por-Pixabay
Levar as pessoas a refletir a respeito dos sentimentos despertados pelas dificuldades da vida e a encontrar uma maneira de lidar com tais sensações, principalmente no atual contexto mundial. Esse é o objetivo da palestra que a psicóloga Ednamara Knopp ministra no sábado, dia 19 de dezembro, on-line, das 9h às 11h.

O investimento é de R$ 35. Os participantes ganharão um livro que também aborda o assunto (“Superando os Momentos Difíceis”, de Valdir José de Castro). O evento é promovido pela Paulus Livraria de Juiz de Fora. As inscrições podem ser feitas pelo WhatsApp (32) 99165-0006 ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..">Fonte: site da Arquidiocese de Juiz de Fora, com informações de Paulus Livraria de Juiz de Fora

Catedral arrecada panetones para Campanha de Natal

campanhanatal2016
A partilha tornou-se um gesto concreto e o desejo de fazer o Natal das cerca de 200 famílias necessitadas, atendidas pela Catedral, uma data ainda mais especial também.

Por isso, durante o mês de dezembro, a Catedral realiza, por meio do SOS Cristão, a Campanha de Natal, com a expectativa de arrecadar alimentos não perecíveis e panetones.

A meta é arrecadar mais de 200 panetones e qualquer ajuda é bem-vinda. A entrega às famílias assistidas pela igreja acontecerá de maneira diferente esse ano devido à pandemia, porque é tradição receber todas as famílias com uma celebração e depois um lanche de confraternização, mas este ano não será possível realizar.

Quem quiser doar pode deixar os alimentos não perecíveis e panetones em nossa recepção paroquial, que está funcionando de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 18h30.

Novena de Natal virtual marca Tempo do Advento em ano de pandemia

Novena-de-Natal-2-211x300A caminhada litúrgica da Igreja é marcada por vários tempos, e cada um deles celebra uma dimensão da vida do Cristo e de sua ação missionária. Neste domingo, 29 de novembro, inicia-se o Advento, que, como a própria palavra diz, representa a alegre espera da chegada de Deus, por meio de Seu Filho Jesus.

Este tempo, que assinala o começo do Ano Litúrgico e se encerra na tarde de 24 de dezembro, compreende as quatro semanas que antecedem a festa do Natal. Nas duas primeiras, a liturgia convida a vigiar e a esperar a vinda gloriosa do Salvador; nas duas últimas, recorda a espera dos profetas e de Maria, recordando a proximidade do cumprimento da promessa salvífica de Deus.

O Advento ainda é marcado por uma Guirlanda ou Coroa, composta por quatro velas nos seus cantos, presas aos ramos formando um círculo. A cada domingo acende-se uma delas, representando as várias etapas da salvação. Neste período prevalece a cor roxa, símbolo da conversão que é fruto da revisão de vida.

Após a audiência geral da última quarta-feira (25), Papa Francisco recordou a importância do período que está prestes a começar, especialmente por conta da pandemia. “Nestes tempos difíceis para muitos, esforcemo-nos por redescobrir a grande esperança e alegria que nos dá a vinda do Filho de Deus ao mundo”. O Santo Padre ainda indicou que, durante a viagem dos quatro domingos do Advento, a luz de Cristo pode “iluminar os nossos caminhos e dissipar a escuridão dos nossos corações”. E completou, convidando os cristãos a “dedicarem momentos de oração”, “meditando à luz da Palavra de Deus, para que o Espírito Santo possa iluminar o caminho a seguir e transformar o coração, na espera o Nascimento de Nosso Senhor Jesus”.

Novena de Natal

Em 2020, a celebração do Advento e do próprio Natal será um pouco diferente por conta da pandemia da Covid-19, mas não menos especial. A tradicional novena que caracteriza o tempo de espera do nascimento de Jesus, em que grupos de famílias, amigos e vizinhos se reúnem, este ano será feita virtualmente na maioria dos lugares.

Na Arquidiocese de Juiz de Fora não será diferente. A novena, que assim como nos últimos anos foi preparada a nível de Província Eclesiástica, em parceria com as dioceses de Leopoldina e São João del-Rei, não foi impressa e já está disponível em formato digital para celulares e smartphones. Ficará a cargo de cada paróquia a organização e o formato das reflexões novenárias.

“Como Igreja, fomos encontrando novas maneiras de nos fazer presentes no coração das pessoas e das famílias, sempre com uma palavra de esperança, de conforto e também de profecia. Nunca foi tão eloquente evangelizar ‘pelas ruas e sobre os telhados!’. Redescobrimos o coração de nossas famílias, a oração familiar, a presença e proximidade na distância. Assim, também a Novena de Natal em família deste ano pandêmico quer ser, na sequência, mais uma oportunidade pessoal e familiar para vivenciar a celebração do Natal de Jesus como luz que desponta e aponta em meio a esta noite tenebrosa, escura, fria, como um grande acontecimento de fé que toca a todos nós espiritualmente”, escreveu a Comissão Arquidiocesana para a Novena de Natal 2020 no livreto on-line.

Na mesma direção, o Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, afirma que a Igreja precisou se reinventar durante a pandemia. “A surpresa invadiu os mais requintados laboratórios, as mais altas esferas da ciência, o comércio, os governos, o transporte, e tantos outros setores, modificando relações e atendimentos. Também na Igreja, a realidade pandêmica vem desafiando métodos, provocando reorganizações e incitando a reinvenção de muitas coisas.

O pastor ainda comenta o lema escolhido para este ano: “Deus habita esta cidade” (Sl 47, 9). “É um lema empolgante, porquanto nos dá oportunidade de ver o bem que Deus pode tirar as coisas más, e Ele mesmo morar no meio de nós. Não estamos sós. O Emanuel, Deus conosco é uma realidade salvadora”.

Além dos textos da novena, a comissão organizadora disponibilizou artes personalizáveis para os nove dias, que podem ser compartilhadas nas redes sociais por paróquias, grupos e movimentos. Clique aqui e confira todo o material.

Fonte: site da Arquidiocese de Juiz de Fora

Leia mais

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades da Catedral.
  1. Facebook
  2. Twitter
  3. Instagram
  4. Video