Missa recorda fiéis defuntos

finados catedralNa manhã desta quarta-feira, 02 de novembro, Dia de Finados, o arcebispo de Juiz de Fora, dom Gil Antônio Moreira, presidiu Celebração Eucarística em lembrança aos fiéis que já faleceram, na Catedral. A missa foi concelebrada pelo nosso pároco, padre João Paulo, e os diáconos permanentes, Antonio e Waldeci, participaram.

Durante sua homilia, o arcebispo destacou a importância desta data para os fiéis e para toda a Igreja. “O Filho de Deus ao vir na Terra ofereceu-se na Cruz e morreu para nos salvar, portanto, nós podemos agora vencer a morte. A sepultura não é a porta definitiva que se fecha, mas um portão largo que se abre para a eternidade”.

Dom Gil também explicou que “não fomos criados para morrer, mas para viver. Por isso que, quando estamos diante da morte, nós sentimos um impacto e às vezes até choramos como Jesus chorou diante do túmulo de Lázaro, sentiu profundamente a tristeza de ter perdido um amigo. Porque a morte não é algo que parece natural para aqueles que creem, que têm inteligência e que amam, por isso mesmo quando estamos diante do sofrimento de perder”, completou.

Clique aqui e confira mais fotos da celebração.

“Vai, e faze tu o mesmo” (Lc 10,37): lema bíblico inspira Campanha do Dízimo 2022

Mes-do-Dizimo-2022A Arquidiocese de Juiz de Fora iniciou, no dia 1º de novembro, a Campanha do Dízimo 2022. Desde 2011, por meio de proposta do I Sínodo, o mês é dedicado a esse gesto de amor a Deus, à Igreja e ao próximo. Este ano, a iniciativa tem o tema “Dízimo: quem ama, partilha”, inspirada pelo lema bíblico da parábola do Bom Samaritano: “Vai, e faze tu o mesmo” (Lc 10,37).

“Diante da parábola que Jesus conta, daquele homem que passa e que ajuda aquele que mais precisa, Ele nos pede para fazermos a mesma coisa, termos o mesmo gesto de ajudar, nos colocar à disposição do outro”, explica o Assessor da Pastoral do Dízimo Arquidiocesana, Padre Miguel de Souza Lima Campos, sobre o lema escolhido.

A fim de divulgar a campanha em todas as paróquias, a pastoral organizou materiais digitais, para serem compartilhados nas redes sociais, e impressos, a serem distribuídos nas comunidades. Entre estes, está um folder com informações sobre os trabalhos sociais realizados pela Igreja Particular de Juiz de Fora. “Nós queremos destacar a dimensão social do dízimo este ano, a dimensão caritativa. Ali há alguns números e alguns trabalhos que nós fazemos para ajudar aquelas pessoas que mais precisam de bens materiais, mas também de bens espirituais”, apontou Padre Miguel.

O Assessor da Pastoral do ressaltou a importância de cada paróquia fazer a sua parte na divulgação da campanha. “Para que esse material possa chegar até o dizimista, para que ele possa celebrar o seu gesto que faz durante todo o ano, a sua contribuição, mas chegar também àquelas outras pessoas que ainda precisam dar este passo na sua fé, de partilhar a própria vida através do dízimo.”

Com o intuito de explicar a dinâmica das ações a serem realizadas neste ano, Padre Miguel protagonizou uma live sobre a campanha, na noite da terça-feira (1º). Clique aqui e assista na íntegra.

Faz parte da Pastoral do Dízimo? Acesse os materiais da campanha.

Fonte: site da Arquidiocese de Juiz de Fora

Dia de Finados é celebrado na Catedral

finadosDuas datas importantes abrem o mês de novembro. No dia 1º, terça-feira, a Igreja celebra o Dia de Todos os Santos. Na quarta-feira, feriado, o Dia de Finados. A data é um convite para que as pessoas se lembrem dos seus entes queridos, não só com saudades, mas, sobretudo, com esperança e com a certeza da ressurreição.

Na Catedral, os fiéis poderão rezar pelos seus entes já falecidos em cinco horários de missas, às 07h, 08h30, 10h, 16h e 19h.

Origem da data

Os cristãos rezavam e se lembravam dos falecidos desde o século I. Porém, o Dia de Finados nasceu em 998, com um decreto da Abadia de Cluny, o maior mosteiro da cristandade medieval, determinando que os monges sob sua jurisdição fizessem a comemoração festiva de todos os fiéis defuntos no dia 2 de novembro. A data escolhida foi pensada por suceder a Festa de Todos os Santos, comemorada pela Igreja Católica no dia 1º de novembro.

Leia mais

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades da Catedral.
  1. Facebook
  2. Twitter
  3. Instagram
  4. Video