Assista ao documentário sobre a Catedral Metropolitana

Catedral-PriamoNo último dia 28 de março, Domingo de Ramos, foi lançado o documentário sobre a restauração das pinturas internas da Catedral Metropolitana de Juiz de Fora. A produção, executada pela Octo Filmes, de São João del-Rei (MG), foi iniciada em agosto de 2020 e detalha a reforma pela qual passou a principal igreja da região nos últimos sete anos.

Intitulado “Catedral de Juiz de Fora: um monumento erguido a Deus”, o vídeo tem cerca de trinta minutos e conta com a participação do Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, de quem foi a iniciativa dos reparos. “Na parte externa, bem conservada, conseguimos fazer a pintura, mas internamente encontramos a Catedral que não só necessitada de restauro, mas também de revisão de um projeto original que nos parecia não ter sido concluído”, observou o prelado.

O documentário conta ainda com o depoimento do Vigário Geral da Arquidiocese, Monsenhor Luiz Carlos de Paula, que foi Pároco da Catedral de 2014 a 2019 e presenciou as últimas grandes reformas: além da renovação da fachada, a conclusão da cúpula e a restauração das pinturas internas. O atual Pároco, Padre José de Anchieta Moura Lima, que conduziu a finalização das obras, também falou sobre os sentidos religioso e social da reparação.

Através da fala da jornalista e escritora Rita Couto, o filme traz dados históricos sobre os primórdios da igreja que se tornaria a Catedral e dos templos dedicados a Santo Antônio que a antecederam na região. A produção revela também as observações do médico Pedro Duarte Gaburri, paroquiano que acompanhou não só a última reforma, mas a primeira pintura da Matriz de Santo Antônio, datada de 1956.

“Nós, católicos, quando construímos uma igreja, nós não construímos apenas um espaço para reunião, mas um espaço que dialoga com a liturgia, com o povo. A comunidade aprende, também, com aquilo que está estampado nessas paredes. A igreja […] busca a arte para traduzir a sua mensagem”, explicou Dom Gil Antônio Moreira em um trecho do vídeo.

Confira a íntegra da produção:



Fonte: site da Arquidiocese de Juiz de Fora

Domingo de Ramos marca início da Semana Santa em nossa Arquidiocese

domingo ramosO Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, celebrou a Missa de Ramos, na Catedral Metropolitana. Concelebraram o Monsenhor Luiz Carlos de Paula, o Padre José de Anchieta Moura Lima, Padre Antônio Pereira Gaio e o Padre Danilo Celso de Castro. Os Diáconos Waldeci Silva e Antonio Valentino da Silva Neto serviram no altar.

Pelo segundo ano consecutivo a Semana Santa acontece durante a pandemia da Covid-19, porém, os fiéis puderam participaram da celebração de Ramos respeitando as regras de distanciamento social, cumprindo todos os protocolos de segurança como o uso de máscaras, aferição de temperatura e álcool gel.

O Arcebispo iniciou a celebração com a bênção dos Ramos. Com o crucifixo sendo levado à frente, Dom Gil entrou na Catedral com Padre Anchieta, aspergindo os ramos dos fiéis. Em seguida, o Pastor ajoelhou-se na capela para um momento de oração. Em entrevista, Dom Gil falou sobre o momento que marca o início da época mais importante para os cristãos. “Hoje celebramos o Domingo de Ramos, a abertura da Semana Santa, recordando a entrada de Jesus em Jerusalém e as celebrações da Paixão do Senhor. Essa semana é a mais importante do ano pois nós celebramos os ministérios da nossa fé. Infelizmente, com a pandemia, não podemos celebrar como gostamos, mas as pessoas podem acompanhar de casa.”

O Pastor disse também sobre a forma como os fiéis podem participar assistindo de suas casas. “De segunda à sábado as cerimônias serão fechadas, mas transmitidas, todos podem acompanhar de seus lares. Também coloquem um sinal externo: de segunda a quarta-feira um pano roxo ou uma cruz, na quarta-feira um pano vermelho com uma cruz e uma coroa de espinhos e no sábado e domingo a cor branca com elementos festivos de nossa Páscoa. Nós somos o povo da Páscoa, o povo que vence o mal para gozar da vida feliz que Deus preparou para nós!

12 anos de Dom Gil em nossa Arquidiocese

Durante a Missa, Dom Gil convidou o professor e ex-pastor protestante, Eduardo Faria, para dar testemunho de sua conversão ao Catolicismo e realizar a sua Profissão de Fé. Os fiéis se emocionaram com o relato do professor e o acolheram com uma salva de palmas. O Arcebispo também foi aplaudido e presenteado pelos seus 12 anos como Pastor da Arquidiocese de Juiz de Fora, como conta Padre Anchieta. “Hoje nós tivemos uma belíssima celebração. Além de comemorarmos o aniversário de 12 anos de Dom Gil em nossa Arquidiocese, celebramos uma grande festa. Podemos dizer uma grande festa pois o povo pôde estar conosco, pelo menos neste domingo, participando da celebração de Ramos e da paixão do Senhor na abertura da Semana Santa.” Disse Padre Anchieta

Dom Gil agradeceu o carinho e as orações por seu Arcebispado e deu graças por esse tempo de dedicação em prol do povo de Cristo. “Aqui estou com muita alegria, dedicando o máximo, dentro dos meus limites, por essa Igreja que aprendi a amar e gostar. São 91 paróquias e 37 cidades que compõem a Arquidiocese de Juiz de Fora. Quero aproveitar para agradecer a Deus pelas graças concedidas, peço perdão a ele pelas minhas falhas e agradeço o povo que anda conosco com tanta firmeza e dedicação, clero e povo, que Deus abençoe a todos para que possamos prosseguir nesta caminhada até o dia em que ele determinar.”

No final da celebração os fiéis foram convidados a assistir ao documentário que mostra a história da Catedral e a restauração das pinturas internas, como explica Monsenhor Luiz Carlos. “Tivemos a alegria do lançamento da restauração da nossa querida Catedral que ficou tão bonita! Uma obra realizada durante vários anos com a participação do povo. As pessoas sempre ajudando com muito empenho, alegria e dedicação, sabendo que estavam participando de algo bonito, um presente que recebemos de Deus.”

O documentário está disponível para ser assistido no Youtube. As fotos da Santa Missa podem ser encontradas no facebook da Catedral.

Fonte: site da Arquidiocese de Juiz de Fora

Confira a programação da Catedral para a Semana Santa 2021

capa semana santa
Neste ano toda a Igreja Católica vai experimentar novamente uma Semana Santa diferente devido ao recente agravamento da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), que levou as autoridades a tomar a medida da onda roxa em Juiz de Fora e região. Na Catedral, já está tudo pronto para a celebração do momento mais importante na vida dos cristãos, a festa da ressurreição de Cristo.

A Catedral elaborou uma programação especial, entre os dias 28 de março e 04 de abril, para transmitir e possibilitar que os fiéis participem das celebrações da Semana Santa em suas casas. As transmissões serão realizadas pela Web TV A Voz Católica e pela Rádio Catedral FM 102,3.

Confira aqui a programação completa das transmissões da Semana Santa na Catedral:

28 de março - Domingo de Ramos
10h - Missa de Ramos presidida por Dom Gil Antônio Moreira
* Lançamento do documentário sobre a Catedral

29 de março - Segunda
12h - Missa
18h - Via Sacra com o Terço dos Homens

30 de março - Terça
12h - Missa
18h - Sermão do Encontro, com Pe. Edson, CSSR

31 de março - Quarta
12h - Missa
18h - Via Sacra com os Jovens do RenaC

1º de abril - Quinta
18h - Missa da Ceia do Senhor presidida por Dom Gil Antônio Moreira

02 de abril - Sexta
15h - Ação Litúrgica presidida por Dom Gil Antônio Moreira
18h - Sermão do Descendimento, com Pe. Leonardo Pinheiro

03 de abril - Sábado
18h - GRANDE CELEBRAÇÃO DA PÁSCOA: Bênção do Fogo Novo e do Círio Pascal, Proclamação da Páscoa e Renovação das Promessas Batismais.

04 de abril - Domingo da Páscoa
Missas 07h, 10h* e 16h
* Missa presidida por Dom Gil Antônio Moreira
Missas presenciais, marcações pelo telefone 3250-0700 (de segunda a quarta-feira, das 07h30 às 17h30. Na Quinta-feira Santa, somente de 07h30 às 12h).

Leia mais

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades da Catedral.
  1. Facebook
  2. Twitter
  3. Instagram
  4. Video