Missa pela Pátria é celebrada na Catedral

Missa-pela-PatriaNo dia 7 de setembro, a Catedral Metropolitana sediou a Missa pela Pátria. Presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, a celebração foi concelebrada pelo Administrador da paróquia, Padre José de Anchieta Moura Lima e teve a participação do diácono permanente, Antônio Valentino da Silva Neto.

Logo no início da Eucaristia, Dom Gil colocou em intenção a pátria. “Somos todos irmãos, brasileiros, filhos de uma mesma nação. Queremos rezar pela harmonia entre os povos os governantes, que haja paz, progresso, um caminho sempre novo em favor do nosso povo e da nossa paz”, disse o Pastor.

Ele também a Legião de Maria, que na ocasião festejava seus 100 anos que fundação. No local, diversas legionárias estiver presentes para celebrar o centenário. Esta associação de católicos, que tem Maria Imaculada como regente, surgiu em Dublin, na Irlanda, no dia 7 de setembro de 1921. Em 1951, foi implantada no Brasil, no Rio de Janeiro. “Que Nossa Senhora seja sempre invocada, amada e imitada”, estimou o Arcebispo.

Em diversos momento Dom Gil recordou que a comemoração da independência do Brasil, acontecida em 1822, é um dia próprio para rezarmos pela pátria. Em entrevista à Web Tv A Voz Católica, ele relacionou o Evangelho do dia a situação do país. “Tivemos oportunidade de refletir sobre o evangelho que conta que Jesus esteve no alto da montanha, a noite toda, rezando para escolher os seus apóstolos. [Assim] como multidões procuravam Jesus, também multidões da nossa pátria estão à procura de dias melhores”.

Ele ainda comentou sobre as manifestações ocorridas na última terça-feira em todo Brasil. “Aconteceram várias manifestações, parte do povo expressando aquilo que deseja para o futuro do nosso país. As manifestações são importantes, são legítimas. Que não haja nunca violência, nem instrumentalização dela para qualquer tipo de coisa que possa agredir a pessoa humana ou mesmo a dignidade da pátria”.

Ao final da Santa Missa houve um momento de Adoração. Na sequência, o Santíssimo Sacramento foi transladado, ao som do hino de louvor a pátria, para o Arcebispo dar uma benção à toda a cidade e ao país, do lado de fora da Catedral.

Fonte: site da Arquidiocese de Juiz de Fora, com informações de Web Tv A Voz Católica

‘Live’ sinodal aborda figura de São José nas Sagradas Escrituras

Live-sinodal-BibliaNa próxima quarta-feira, 8 de setembro, a Arquidiocese de Juiz de Fora promove mais uma live sinodal, desta vez reunindo dois tópicos importantes: o Mês da Bíblia, celebrado em setembro, e o Ano de São José, que a Igreja vive desde dezembro passado. O tema do evento virtual será “O exílio e o êxodo de São José”.

As reflexões serão protagonizadas pelo professor e biblista Padre Geraldo Dondici e pelos seminaristas Rafael Nascimento e Robert Teixeira. No último dia 26 de agosto, os jovens deram o primeiro passo rumo à consagração definitiva ao recebem os ministérios de Leitor e Acólito. O Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, também participará das discussões.

A live sinodal está marcada para as 19h30 e será transmitida pelo Facebook e pelo YouTube da Arquidiocese.

Fonte: site da Arquidiocese de Juiz de Fora

Conselho Central Diocesano oferece oficinas, cursos de capacitação e fisioterapia domiciliar

SSVP-1O Conselho Central Diocesano (CCD) da Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP) oferece oficinas online em Memória, Relaxamento e Ginástica, além de fisioterapia domiciliar para idosos com sequelas da Covid-19, e ainda cursos de capacitação em Designer de Sobrancelhas, Cuidador de Idosos e Culinária.

As vagas são gratuitas e limitadas, destinas ao público de baixa renda. As oficinas e fisioterapia são voltadas para a terceira idade. O trabalho de atenção às pessoas idosas já era realizado pelo Conselho Central, antes da pandemia, ele foi adaptado para o online.

Ao convidar aqueles que participavam anteriormente, os vicentinos se depararam com as consequências da pandemia na vida de algumas pessoas. “A fisioterapia domiciliar surgiu, quando alguns idosos relataram que tinha desejo de participar, mas que não poderiam pois estavam de recuperando das sequelas da Covid-19”, contou Samara de Melo, Assistente Social responsável pelo projeto dos cursos.

Já para os cursos de capacitação, as inscrições podem ser feitas por jovens a partir de 18 anos. A seleção dos candidatos é realizada por meio de avaliação do Serviço Social do Conselho Central Diocesano.

A SSVP busca novos parceiros para continuar com tais iniciativas e, em breve, realizará novos cursos. Mais informações através do (32) 3311-1961, das 11h às 16h.

Fonte: site da Arquidiocese de Juiz de Fora

Leia mais

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades da Catedral.
  1. Facebook
  2. Twitter
  3. Instagram
  4. Video