‘Live’ recorda a instituição do Ministério do Catequista por Papa Francisco

Live-Catequese siteA Pastoral Catequética Arquidiocesana promove, nesta sexta-feira, 27 de agosto, mais uma live. Desta vez, a formação do Novo Diretório de Catequese, iniciado em fevereiro, será pausado por um motivo muito especial: o encontro virtual recordará o Dia do Catequista, celebrado no último domingo do mês.

O tema abordado será a Carta Apostólica sob forma de Motu próprio “Antiquum ministerium”, do Papa Francisco, com o qual instituiu o ministério do catequista. O responsável por conduzir as reflexões será o Professor Altamir Andrade, Mestre em Bíblia e autor de roteiros homiléticos para a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

A live está marcada para as 19h30 e será transmitida pelo Facebook e pelo YouTube da Arquidiocese de Juiz de Fora.

Fonte: site da Arquidiocese de Juiz de Fora

Famílias das escolas católicas reúnem-se em Missa na Catedral

missa familias escolas catolicas“Nunca foi tão urgente unir forças para educar e acolher a todos! É preciso um sonho de esperança, humildade, alegria e fé.” Essa foi a principal mensagem deixada por diretores, professores e funcionários das onze escolas católicas de Juiz de Fora na manhã do último sábado, 21 de agosto. Na ocasião, representantes das instituições de ensino reuniram-se com pais e alunos na Catedral Metropolitana para a tradicional Missa das Famílias.

A Eucaristia, transmitida ao vivo, foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, e concelebrada pelo Vigário Geral da Arquidiocese, Monsenhor Luiz Carlos de Paula, e pelo capelão superior dos Arautos do Evangelho, Padre Sebastião Alves dos Santos, EP. O Diácono Permanente Antônio Valentino serviu ao Altar.

missa familias escolas catolicas2“As escolas católicas querem ser um prosseguimento da família e as famílias recebem das escolas católicas aquilo que delas esperam, que é justamente a educação integral dos seus filhos. O que significa educação integral? É que nós, como cristãos católicos, entendemos que a pessoa humana não é formada só de intelecto e de corpo físico, mas também por um espírito, uma alma. Portanto, a educação integral comporta também a formação espiritual, e esta é a preocupação das escolas católicas: formar o homem todo e todos os homens, na expressão do Papa Paulo VI; formar para uma vida digna, para uma consciência comunitária, social, fraternal”, afirmou Dom Gil durante a homilia.

No mesmo sentido, o Diretor-Pedagógico do Colégio Arautos do Evangelho Juiz de Fora, Fábio Luiz Batista, ressaltou que “a educação não se resume simplesmente a uma formação acadêmica, mas também numa formação de valores espirituais, morais e éticos, para que possamos trazer para a nossa sociedade grandes homens e mulheres de valor”. Para Michele Soares, Professora na Educação Infantil do Colégio Academia e mãe de duas crianças que estudam na escola, esse ensino faz toda a diferença. “Principalmente no mundo em que vivemos hoje, em que os valores estão se perdendo. A gente vê, dentro da escola católica, essa preocupação em trabalhar os valores em todo o planejamento, no trato com as pessoas, com os funcionários, o que é fundamental para a formação humana e cristã.”

missa familias escolas catolicas3Segundo Daniel Ribeiro, Diretor da Escola Católica Comunidade Resgate e membro da Pastoral da Educação Arquidiocesana, a unidade demonstrada pelas escolas católicas é sinal da comunhão da Igreja e entre todos os filhos de Deus. “Hoje nos reunimos e celebramos a família, um dom sublime que Deus confiou à humanidade. As escolas católicas zelam pelas famílias, fomentam esse sacramento tão bonito que é o matrimônio e, por isso, nós estamos aqui, reunindo pais, mães e filhos, mas também a nossa família educacional, a família acadêmica, a família da escola católica.”

O momento de parada e oração, para a Agente de Pastoral do Colégio dos Santos Anjos, Josiane Mendonça, é muito significativo. “As escolas percebem que é necessário sempre esse tempo de parar, orar e entregar toda a caminhada dos alunos, das famílias, principalmente diante deste momento de desafios que temos vivido. É tempo de oração, de esperança, de fé, que tempos melhores estão para chegar.”

Clique aqui e confira mais fotos da celebração.

Fonte: site da Arquidiocese de Juiz de Fora

Vocação dos leigos e leigas é celebrada neste 21º Domingo do Tempo Comum

22-08 vocacao leigos leigasNeste 21º Domingo do Tempo Comum, a Igreja celebrou o dia da vocação dos leigos e leigas. O arcebispo metropolitano de Juiz de Fora, dom Gil Antônio Moreira presidiu a missa realizada na Catedral, que foi concelebrada pelo nosso administrador paroquial, padre José de Anchieta Moura Lima, e teve a participação do diácono permanente, Antonio Valentino da Silva Neto, e do Coral Benedictus.


Durante a homilia, Dom Gil explicou um pouco sobre a importância da vocação laical para a Igreja. “Quero fazer uma saudação especial a todos os leigos, sobretudo aqueles que estão engajados em algum trabalho nas suas paróquias, seja como servidor da liturgia, na catequese, na atenção aos pobres, todos os leigos que assumem a sua fé com mais intensidade”, completou.

Já em entrevista, o arcebispo falou sobre o Evangelho do 21º Domingo do Tempo Comum que “nos apresenta Jesus dando a sua doutrina inconfundível a respeito da presença real de sua pessoa no pão e no vinho Eucarísticos. Essa é a grande riqueza que a Igreja tem e nós nos alimentamos de Cristo Eucarístico para enfrentar as dificuldades desse mundo, para criar um mundo novo de fraternidade e amor e nos prepararmos para o banquete da eternidade”.

“Palavra de vida eterna quem tem é Deus e Jesus é Deus, por isso Ele pode fazer o que bem entende e por amor Ele faz muito mais do que esperamos e merecemos”, destacou o pastor a respeito do Evangelho e da atuação de Deus na vida de seus filhos e filhas.

Leia mais

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades da Catedral.
  1. Facebook
  2. Twitter
  3. Instagram
  4. Video