Confira os ganhadores do sorteio de presentes

Dois internautas começaram o ano de 2013 recebendo uma bênção especial. Vânia Aparecida Muller da Cunha e o Grupo Jovem JOSAC (Paróquia Sant'Ana, bairro Vila Ideal) foram os ganhadores do sorteio de presentes promovido pela Catedral através de sua página no Facebook. Cada um vai receber uma linda imagem de Santo Antônio, o padroeiro da Catedral e da Arquidiocese de Juiz de Fora.

 

O sorteio aconteceu nessa quarta-feira, 02 de janeiro, e contemplou aqueles que curtiram a página da igreja (www.facebook.com/catedraljuizdefora) na rede social. Os dois internautas foram escolhidos entre mais de 150 participantes.

 

Os presentes devem ser retirados até o dia 10 de janeiro, quinta-feira, na recepção paroquial da Catedral. O sorteado deve apresentar um documento de identidade (no caso do grupo jovem, basta uma declaração da paróquia, com a assinatura do pároco).

 

"Ficamos muito felizes por sermos sorteados e assim que a imagem chegar aqui na paróquia iremos pedir ao pároco para dar uma benção especial e declarar Santo Antônio como o padroeiro do grupo jovem JOSAC", afirmou a coordenação do grupo.

 

Fique ligado! Em breve, mais presentes para você em nossas redes sociais:
Fanpage: www.facebook.com/catedraljuizdefora
Perfil: www.facebook.com/catedraljfII
Twitter: www.twitter.com/catedraljf
MSN: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Skype: catedraljuizdefora

Confira: Encontros de Preparação para Noivos 2013

Um dia de partilha e de orientações sobra a vida a dois. Assim, é o Encontro de Preparação para Noivos, retiro destinado àqueles que desejam receber o Sacramento do Matrimônio. A participação no encontro é um pré-requisito para a celebração do casamento na Igreja.

 

Para facilitar o planejamento dos noivos, a Catedral oferece o Encontro de Noivos em diversas datas ao longo do ano.

 

O evento acontece durante um domingo, das 8h às 17h. Palestras, dinâmicas, e momentos de espiritualidade fazem parte da programação.

Leia mais...

Papa: religião não leva à guerra; a fraternidade une

Francisco-recorda-atentado-em-Buenos-AiresO Papa Francisco enviou uma mensagem por ocasião dos 25 anos do atentado contra o centro judaico “AMIA” de Buenos Aires.

Em 18 de julho de 1994, a Associação Mutual Israelita Argentina foi atacada e 85 pessoas morreram e centenas ficaram feridas.

Ao presidente da Associação, Jorge Knoblovits, o Pontífice expressa seu apoio às famílias das vítimas e repudiou os ataques terroristas que são cometidos em nome da religião.

“Passaram-se 25 anos da tragédia da AMIA. Como no primeiro dia, a cada 18 de julho meu coração acompanha os familiares das vítimas, sejam judias ou cristãs. E desde o primeiro dia, peço a Deus pelo descanso eterno de quem perdeu a vida neste ato de loucura”, assim tem início a carta de Francisco.

O Papa recorda também quem sobreviveu ao atentado. “Peço também por quem sobreviveu à explosão, levando desde então a feridas em seus corpos e em suas almas”.

Guerra Mundial em pedaços

Nos parágrafos sucessivos, Francisco condena o terrorismo “em nome da religião”, reiterando que estamos atravessando uma “terceira guerra mundial em pedaços”, devido à proliferação de ataques terroristas em várias partes do mundo nos últimos 25 anos.

“Demasiadas vezes nesses 25 anos vimos vidas e esperanças truncadas em nome da religião”, lê-se ainda na carta. “Bem sabemos que não é a religião que incita e leva à guerra, mas a obscuridade nos corações de quem comete atos irracionais. Deus nos chamou para viver como irmãos”, escreve ainda o Papa.

Fraternidade não tem limites ideológicos

Por fim, Francisco enfatiza que a fraternidade “une a humanidade” e atravessa “limites geográficos e ideológicos”.

“Nesta recordação dos 25 anos, estou com vocês e rezo com vocês. Que o Deus de nossos pais os abençoe e os proteja”, conclui o Pontífice.

O atentado

Ocorrido no bairro portenho de Once, o bombardeio do prédio AMIA foi o ataque mais mortal da Argentina. Até hoje, ninguém foi condenado. Em 2005, o então arcebispo, cardeal Jorge Mario Bergoglio, hoje Papa Francisco, foi a primeira personalidade pública a assinar uma petição pedindo Justiça.

Fonte: Site Vatican News

Leia mais

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades da Catedral.
  1. Facebook
  2. Twitter
  3. Instagram
  4. Video