Papa encoraja o trabalho do Serviço Sacerdotal Noturno de Urgência na Argentina

papa-francisco70O próximo Jubileu extraordinário da Misericórdia será "uma boa ocasião para intensificar a colaboração entre os pastores e os leigos, na missão de apoiar com assistir com ternura os doentes e os moribundos", expressou o Papa Francisco em carta enviada a Manuel Martin Sjöberg, presidente da Federação dos Serviços Sacerdotais Noturnos de Urgência.

A iniciativa nasceu em 1952 na cidade argentina de Córdoba, a fim de garantir os sacramentos aos fiéis, em horários que não é fácil encontrar um padre.
Além disso, o Santo Padre reitera na carta o seu apoio e incentivo à "obra de misericórdia cristã, que há 60 anos é realizada por voluntários da Federação dos Serviços Sacerdotais Noturnos de Urgência.

Ao falar dos necessitados, Francisco exortou: "as nossas mãos seguram as mãos deles, e as trazemos a nós, para que o calor da nossa presença, da amizade e da fraternidade”.
"Não podemos escapar das palavras do Senhor segundo as quais seremos julgados.

Dediquemos tempo para acompanhar os que estão doentes ou na prisão, sabendo que em cada um destes ‘pequenos’ está presente o próprio Cristo".

Para terminar a carta, o Pontífice encorajou "todos aqueles que já realizam esse serviço" e pediu para rezarem por ele.

O Serviço Sacerdotal de Urgência Noturno é um serviço gratuito oferecido pela Igreja, que presta assistência espiritual e religiosa à pessoas doentes, deficientes ou em estado terminal, em horários difíceis de encontrar um padre. O serviço é realizado por um religioso e dois ou quatro leigos que, das 21:30 as 06:30, estão atentos às chamadas de quem pede ajuda.

Fonte: Zenit.com

 

Vaticano anuncia tema do Dia Mundial da Paz 2016

papa pomboO Vaticano divulgou, nesta semana, o tema que o Papa Francisco escolheu para o Dia Mundial da Paz 2016: “Vence a diferença e conquista a paz”. Esta será a 49ª vez em que a data é celebrada em todo o mundo.

Em comunicado, o Pontifício Conselho da Justiça e da Paz explicou que a indiferença em relação às chagas dos tempos atuais é uma das principais causas da falta de paz no mundo. Trata-se de uma atitude que, muitas vezes, está ligada a diversas formas de individualismo que produzem isolamento, ignorância e egoísmo.

O Vaticano destaca ainda que a paz deve ser conquistada, pois não é um bem que se obtém sem esforços. É preciso, então, sensibilizar e formar as pessoas sobre a responsabilidade com relação às graves questões que atingem a família humana, como fundamentalismos e perseguições por causa da fé e da etnia.

“A paz é possível ali onde o direito de cada ser humano é reconhecido e respeitado, segundo a liberdade e a justiça. A mensagem de 2016 quer ser um instrumento do qual partir para que todos os homens de boa vontade, em particular aqueles que trabalham na educação, na cultura e na mídia ajam segundo as próprias possibilidades e suas melhores aspirações para construir juntos um mundo mais consciente e misericordioso e, portanto, mais livre e justo.”

O Dia Mundial da Paz foi instituído pelo Papa Paulo VI e é celebrado todos os anos em 1º de janeiro. A mensagem do Papa é enviada às chancelarias de todo o mundo e traça também as linhas diplomáticas da Santa Sé para o ano que se inicia.

Fonte: Canção Nova

 

Louvemos o Senhor celebra 20 anos de história

Trofeu-Louvemos-o-Senhor-E-TRINo dia 23 de agosto - segundo nota enviada à ZENIT - o programa Louvemos o Senhor celebrará 20 anos de história. Com convidados especiais, estreia de novos quadros, cenário e vinheta de abertura, o programa será exibido, ao vivo, pela Rede Século 21, das 9h às 17h.

Pe. Eduardo Dougherty,sj, e a Irmã Luiza participarão do programa para contar como tudo começou: os primeiros programas, as gravações, o esforço e dedicação da Associação do Senhor Jesus para manter no ar um programa de 7 horas, ao vivo, todos os domingos.

“Eu quero louvar e bendizer a Deus Pai pelos 20 anos do programa “Louvemos o Senhor” apresentado aos domingos. É um dos programas mais assistidos pelas pessoas, o que mostra que a evangelização feita através dos meios de comunicação é bem aceita e deve ser utilizada. Eu costumo dizer que, se Jesus viesse nesse tempo, certamente ele usaria a televisão, o rádio e a internet para se comunicar conosco”, destaca o Fundador da Associação do Senhor Jesus, Pe. Eduardo Dougherty,sj.

No domingo de festa pelos 20 anos de história do Louvemos o Senhor, Pe. Agnaldo José será o apresentador do programa, que contará com pregação de Pe. Marcos Miranda e animação do Ministério Excelsis. As atrações musicais convidadas são: Maria do Rosário, Dalvimar Gallo, Anjos de Resgate e Vida e Reluz.

Informações sobre o programa ou confirmação de caravanas devem ser pelo telefone (19) 3871.9620.

História do Louvemos o Senhor: “Vem, vem louvar”
Vem, Vem louvar, encher esse lugar de glória, encher esse lugar de glória, com a glória do Senhor...”. Assim começava, no dia 13 de agosto de 1995, o primeiro programa Louvemos o Senhor.

Produzido pela Associação do Senhor Jesus, e veiculado pela Rede Vida nos primeiros anos, passou a ser exibido pela TV Século 21 (agora Rede Século 21) a partir de 1999.
“O primeiro programa foi gravado num pequeno estúdio. Ele nasceu para falar do ‘Dia do Senhor’, por isso tem este nome”, destaca o Diretor de Operações da Rede Século 21, Horácio Caballero, que participou da elaboração deste projeto da Associação do Senhor Jesus. A estreia foi com apresentação de Antônio Kater Filho, animação musical da Banda Cristo Atividade e dos cantores Pe. Antônio Maria e Maria do Rosário.

Ao longo dos anos, dezenas de pregadores e cantores católicos passaram pelo Louvemos o Senhor. De Roberto Carlos aos grandes nomes da música católica de hoje, todos animaram o “Momento Musical”. Muitos talentos foram revelados e, o Troféu Louvemos o Senhor teve seu “embrião” formado nesse programa.

Nestes 20 anos de história, milhares de fiéis já participaram do programa nos estúdios da Associação do Senhor Jesus, outros milhares deram testemunhos ao vivo no programa. A cada edição, o programa continua recebendo diversas caravanas de todo país.

Exibido aos domingos, das 9h às 17h, o Louvemos o Senhor mantém, há 20 anos, seu objetivo de evangelizar e entreter através dos meios de comunicação. “O Louvemos o Senhor surgiu para ser um dia inteiro de adoração e louvor. Porque acreditamos que o louvor liberta as pessoas, e que as pessoas poderiam vir para um dia de alegria, música, pregação, salvação, Adoração ao Santíssimo e participar da Santa Missa”, afirma o Fundador da Associação do Senhor Jesus e Idealizador da Rede Século 21, Pe. Eduardo Dougherty,sj.

Fonte: Zenit.org
Imagem: rosadesaron.musicblog.com.br

 

Leia mais

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba as novidades da Catedral.
  1. Facebook
  2. Twitter
  3. Instagram
  4. Video