Organização

Já na estrutura organizacional, a Catedral se destaca pelos seus números. São cerca de 700 pessoas trabalhando voluntariamente nas 27 pastorais e grupos de serviço. Nestes trabalhos o de maior alcance são os beneficentes.

 

Além das pastorais já tradicionais nas igrejas católicas, como a do Batismo e do Dízimo, a Catedral possui uma ampla Pastoral Social, buscando não só a formação religiosa e espiritual, mas também a cidadã. Para conhecer todos os organismos, clique aqui.

 

O Centro de Ação Social da Catedral (CASC) atende às necessidades imediatas da população, como apoio às gestantes (Grupo São José - na maioria dos casos são mães adolescentes que recebem kits para os bebês confeccionados pelas leigas da terceira idade); a alfabetização de adultos (uma parceria com a Unimed que forma, anualmente, cerca de 60 pessoas); atendimentos psicológico e fonoaudiológico; e a distribuição de roupas e cestas básicas, pela qual 200 famílias são beneficiadas com a entrega dos alimentos, num tempo máximo de seis meses - período necessário para que as famílias se reestruturem e possam se sustentar sozinhas. Para saber mais sobre o CASC, clique aqui.

 

Por ser a sede do catolicismo na cidade, a Catedral também abriga as principais reuniões e eventos dos movimentos, organizações e grupos de serviços religiosos da arquidiocese. Para que a igreja pudesse abrigar todos estes, mais salas de reuniões foram construídas na reforma pela qual o prédio está passando atualmente. Agora já são mais de mais de 50 espaços destinados a estas atividades.

  1. Facebook
  2. Twitter
  3. Instagram
  4. Video