Nosso clero

Para estar em ordem, toda casa necessita de um coordenador. E assim como num corpo, no qual os membros dependem um do outro para o seu funcionamento, também acontece na nossa igreja. Além de serem pastores, os sacerdotes são também administradores e colaboradores.

Na Catedral, além do administrador paroquial, a comunidade possui também quatro vigários paroquiais. Os vigários são cooperadores junto ao administrador paroquial, assumindo com ele toda a caminhada da Catedral. A parte administrativa fica mais sob a responsabilidade do administrador paroquial e a pastoral é dividida entre os vigários. Além dessas atividades e das presidências das celebrações, os sacerdotes também se dedicam ao trabalho de atendimento individual nas confissões e à direção espiritual.

A Catedral conta ainda com a presença do diácono permanente Waldeci Rodrigues da Silva.

 

Conheça a nossa equipe:

pe anchieta sitePadre José de Anchieta Moura Lima - Administrador Paroquial

"Ser padre para mim é dar uma resposta concreta daquele que Deus chama para a missão. É um mistério, um dom, é algo que nós não conseguimos explicar, mas só sei que viver a dinâmica do ministério de ser padre é um serviço generoso que nós prestamos ao povo de Deus, à Igreja e ao Cristo, que chamou e continua chamando tantos. Então eu quero só agradecer a Deus por esse chamado que aconteceu ainda pequeno, porque com 4 ou 5 anos eu já falava em ser padre e fui amadurecendo nesta vontade de realmente servir à Igreja. E sirvo com muita alegria, generosidade e disponibilidade."

 

Nascimento: 02 de abril de 1958, em Guiricema - MG
Ordenação Diaconal: 21 de abril de 1985, Juiz de Fora - MG
Ordenação Sacerdotal: 04 de agosto de 1985, Guiricema - MG
Lema da Ordenação: “Quero ser livre para pregar o Evangelho”, baseado na primeira carta de São Paulo aos Coríntios que diz: “Ai de mim se eu não evangelizar” (1Cor 9, 16).
Atuou nas paróquias: Nossa Senhora do Rosário (Bocaina de Minas-MG), Santo Antônio (Passa Vinte-MG), Santuário Senhor Bom Jesus do Livramento (Liberdade-MG), São Sebastião (Santos Dumont-MG), Nosso Senhor do Bonfim (Aracitaba-MG), Nossa Senhora da Conceição (Conceição do Formoso - Distrito de Santos Dumont-MG), São João Batista (São João da Serra - Distrito de Santos Dumont-MG), São Sebastião (Juiz de Fora-MG), Nossa Senhora da Assunção (Juiz de Fora-MG), Nosso Senhor dos Passos (Rio Preto-MG), Santa Bárbara (Santa Bárbara do Monte Verde-MG), São Sebastião (São Sebastião do Barreado – Distrito de Santa Bárbara do Monte Verde-MG), Nossa Senhora da Saúde (Juruti - Diocese de Óbidos, no Pará), na qual chegou a ser vigário, depois pároco e também formador do Propedêutico. No final de 2011, início de 2012 voltou para Juiz de Fora como vigário paroquial de Benfica e também como reitor do Seminário Menor e em 2015 foi nomeado pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Benfica (Juiz de Fora-MG). Santo Antônio (Catedral de Juiz de Fora-MG).

______________________________________________________________________________

mons luizcarlos
Mons. Luiz Carlos de Paula - Vigário paroquial
"Ser padre para mim é consagrar a vida a Deus a serviço do povo. É ser discípulo missionário de Jesus Cristo todos os momentos da vida."


Nascimento: 29 de março de 1958, em Santa Rita do Jacutinga - MG
Ordenação Diaconal: 21 de dezembro de 1986, Juiz de Fora - MG
Ordenação Sacerdotal: 05 de dezembro de 1987, Juiz de Fora - MG
Lema da Ordenação: "Sei em quem acreditei" (2Tm 1,12)
Título de Monsenhor: 03 de fevereiro de 2012, Juiz de Fora - MG
Atuou nas paróquias: Santa Rita de Cássia (Santa Rita de Jacutinga - MG), Santo Antônio (Passa Vinte-MG), Nossa Senhora das Dores (Lima Duarte-MG), Nossa Senhora da Conceição (Conceição de Ibitipoca-MG), Santo Antônio (Olaria-MG), Bom Pastor (Juiz de Fora-MG), Santo Antônio (Catedral de Juiz de Fora-MG).

 

 

______________________________________________________________________________

 

padregaioPe. Antônio Pereira Gaio - Vigário paroquial
“Para mim, ser padre é assemelhar-se ao Cristo, o servidor do Pai, para a santificação pessoal e a do povo de Deus, com zelo e amor aos irmãos e irmãs”.

 

Nascimento: 28 de agosto de 1932, em Juiz de Fora - MG
Ordenação Diaconal: 18 de março de 1984, em Juiz de Fora - MG
Ordenação Sacerdotal: 29 de maio de 2010, em Juiz de Fora - MG
Lema da Ordenação: “Sei em quem tenho acreditado” (2 Tm 1, 12).
Atuou nas paróquias: Bom Pastor (Juiz de Fora - MG), São Francisco de Paula (Torreões/ Monte Verde – Juiz de Fora), Nossa Senhora Aparecida (Juiz de Fora - MG), Mãe de Deus (Juiz de Fora - MG) e Santo Antônio (Catedral de Juiz de Fora - MG).

 

______________________________________________________________________________

 

padre daniloPe. Danilo Celso de Castro - Vigário paroquial
“Para mim, ser padre é fazer a mesma coisa que Jesus fez: dar a vida pelos irmãos, amar, perdoar e servir. É responder e renovar a cada dia esse chamado. É, ainda, aceitar com fidelidade o convite de Jesus: “Quem quiser vir comigo, renuncie a si mesmo, toma tua cruz e siga-me”.

 

Nascimento: 29 de julho de 1955, em Juiz de Fora - MG
Ordenação Diaconal: 29 de setembro de 1989, em São Paulo - SP
Ordenação Sacerdotal: 05 de maio de 1990, em Juiz de Fora - MG
Lema da Ordenação: “Amar, perdoar e servir”.
Atuou nas paróquias: São José (Campinas – SP), São Geraldo (Santo André – SP), Nossa Senhora Aparecida (São Paulo – SP), Nossa Senhora de Fátima (Nova Friburgo – RJ) e Santo Antônio (Catedral de Juiz de Fora - MG).

 

 

______________________________________________________________________________

 

diaconowaldeciDiác. Waldeci Rodrigues da Silva - Diácono permanente

“Para mim, ser diácono é ser imitador de  Cristo. É exercer a própria diaconia de Cristo Servo; sendo humilde, servo e servidor. O diácono, exercendo a tríplice missão (diaconia da Liturgia, da Palavra e da Caridade), tem a graça de participar efetivamente das ações litúrgicas e do serviço do altar e ser instrumento para que a Palavra de Deus seja anunciada, sobretudo, no exercício de sua principal atividade que é a caridade. Ser diácono é voltar os olhos para os pobres, os humildes, aqueles que estão necessitando de alimento material e espiritual. É viver a dupla sacramentalidade, pois sendo casado, deve viver no amor e na fidelidade do seu matrimônio, assim como deve ser fiel ao seu ministério diaconal, que não é seu, mas do próprio Cristo”.

 

Nascimento: 06 de novembro de 1964, em Caratinga - MG
Ordenação Diaconal: 29 de maio de 2011, na Catedral de Juiz de Fora - MG
Lema da Ordenação: “Em atenção à tua Palavra, lançarei as redes” (Lc5, 5)”
Atuou na paróquia: Santo Antônio (Catedral de Juiz de Fora - MG)

______________________________________________________________________________

 



  1. Facebook
  2. Twitter
  3. Instagram
  4. Video